quinta-feira, 7 de julho de 2011

OFICINA DE TEATRO - INSCRIÇÕES GRATUITAS


Clique no cartaz para ver as informações.


Sabe-se que uma sociedade se efetiva enquanto massa em progresso quando há cultura sendo produzida nela. Sabe-se, também, que o teatro é um meio de transformação social, onde todos podem ser atores e público no palco da vida, pois teatro é história, é representação, é movimento e ação. Dessa forma, o teatro deve ser experimentado por existir numa sociedade em transformação e em constância incerta de movimento. Para onde vamos? Quem nós somos? Se estivermos em tempos indecentes, o teatro é a própria decência do ser humano, buscando a harmonia em sua estação.

O teatro possui inúmeros significados. Lembramos do teatro como aquele espaço nobre, onde a platéia se conforta na platéia para assistir os atores no palco, representando. Lembramos do teatro como uma atividade onde um amigo, um familiar ou alguém – famoso ou não – é nossa referência quando se fala “fulano faz teatro”. Em ambas as formas, o teatro é visto com olhos puros, de admiração, até de contemplação. Em nosso interior, no século XXI, temos consciência de que a arte é de nossa constituição e representar, um ofício necessário.

Assim colocamos em prática a oficina “Em busca de um teatro criativo”, para desenvolver em cada participante o significado que cada um tem sobre o teatro, explorando exercícios, conversas, jogos cênicos e percepções para buscar um corpo criativo, uma expressão a mais na vida.


Articuladores:

Luiz Carlos Cardoso
Pós-graduando em Arte e Cultura pela Universidade Cândido Mendes (RJ) e bacharel em Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário São Camilo – Espírito Santo (ES). Ator profissional registrado no SATED/ES. Possui o curso de Gestão Cultural pelo SEBRAE/ES e SECULT/ES e cursos teatrais com Celina Sodré (RJ), Isabel Setti e Zé Henrique de Paula (SP) e Sara Passabon Amorim (ES). Seus últimos trabalhos incluem palestra com o diretor teatral italiano Eugênio Barba, 02 apresentações no Theatro Carlos Gomes através do projeto Quartas no Teatro, desenvolvido pelo Sindicato dos Artistas e Técnicos de Espetáculos e Diversos do Espírito Santo (SATED-ES) e Secretaria de Cultura do Estado (SECULT-ES), participação nos festivais de São Mateus (ES), Varginha e Viçosa (MG), Guaçuí (ES) e Curitiba (PR). Atuou por três anos em um grupo de teatro universitário e, atualmente, está como produtor cultural e dirige o Grupo Anônimos de Teatro.


Ana Paula Ventury
E
specialista em Arte Educação pela FASE (ES), formada em Biologia pelo Centro Universitário São Camilo - ES (2007), também é atriz pelo SATED/ES. Possui importantes trabalhos em âmbito teatral e social com diretores capixabas como Sara Passabon Amorim e Carlos Ola. Em 2006, participou da Escola Itinerante de Artes Cênicas - Regional Sul, desenvolvido pela Secretaria de Cultura do Estado (SECULT-ES). Seus últimos trabalhos incluem palestra com o diretor teatral italiano Eugênio Barba, 02 apresentações no Theatro Carlos Gomes através do projeto Quartas no Teatro, desenvolvido pelo Sindicato dos Artistas e Técnicos de Espetáculos e Diversos do Espírito Santo (SATED-ES) e Secretaria de Cultura do Estado (SECULT-ES), participação nos festivais de São Mateus (ES), Guaçuí (ES) e Curitiba (PR), além de monitorar, de 2004 a 2008, oficinas de teatro para crianças e adolescentes, sob a coordenação da MSc. Prof. Sara Passabon Amorim.

Um comentário:

Mayara Dias disse...

Olá, estou muito interessada neste oficina, gostaria de saber se ainda tem como me inscrever. Eu não estava sabendo desta oficina. Aguardo resposta.

Podem entrar em contato por e-mail:
mayara.pereira@hotmail.com

Mayara Dias