domingo, 12 de setembro de 2010

Arte e Existência na UFV - Viçosa/MG - 11/09/2010







"O Corpo que está em cena se propõe ser o receptáculo dos movimentos mais íntimos da alma humana, fazendo com que o performer se torne uma presença viva em cena."
(Sara Passabon Amorim - Sinopse de "Arte e Existência")














Com essa encenação, pretende-se provocar o público para um questionamento do “eu”, da relação entre corpo e vida, entre arte e a existência. Essa análise da expressão comunicativa derivada da linguagem da performance ocasiona um apuramento da visão estética, tanto de quem assiste quanto de quem atua. Onde não há distância entre ator e platéia, todos são atuantes e todos estão in progress.
(Sara Passabon Amorim - Sinopse de "Arte e Existência")













Agradecimentos: DAC - Divisão de Assuntos Culturais / UFV
Fotos: Felipe Menicucci

Um comentário:

Anônimo disse...

Parabéns, pela iniciativa.Performances chocantes e Belas imagens . O ser e está em cena num contínuo movimento, num aqui e agora, in progresse. Vamos em frente ! Força na peruca!
Sara